Sesc participa do Seminário Educação de Jovens e Adultos de Santa Catarina, em Blumenau


27/07/2017 - Atualizado em 04/08/2017 - 283 visualizações

A Educação de Jovens e Adultos (EJA) foi tema do encontro nesta quinta-feira (27/07), que contou com a presença do secretário estadual de Educação, Eduardo Deschamps (PSD), ex-reitor da FURB. As Federações da indústria (Fiesc), do comércio (Fecomércio), da agricultura (Faesc) e dos transportes (Fetrancesc) promoveram o seminário Educação de Jovens e Adultos de Santa Catarina: construindo um ecossistema para uma atuação em rede. O evento foi realizado no Complexo Esportivo do Sesi, em Blumenau, e debateu a educação básica do trabalhador com a participação do especialista Timothy Ireland, coordenador da Cátedra da Unesco em EJA. O evento contou também com a presença do Presidente da Fecomércio, Diretores Regionais do Sesc, Senac e equipe.

Durante o encontro as entidades envolvidas assinaram termo de cooperação oficializando a parceria para ampliar a oferta de educação de jovens e adultos no Estado. A partir de uma plataforma de geolocalização disponível no site www.scpelaeducacao.com.br, será possível a qualquer estudante encontrar a escola de educação de jovens e adultos mais próxima. Todas as escolas ofertantes estarão indicadas nessa plataforma. São oferecidos cursos em 201 municípios, somando 421 estabelecimentos em que as aulas são realizadas.

Segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), de 2015, Santa Catarina possui mais de 2,2 milhões de trabalhadores formais e 724,8 mil deles não concluíram a educação básica (33%). A volta aos bancos escolares ainda é um desafio no Estado, que registra uma taxa significativa de jovens que não concluíram o ensino médio aos 19 anos (32,3%). São estes jovens que, mais tarde, buscam a educação de jovens e adultos para concluir o ensino básico.

Além de apresentar a plataforma de geolocalização, disponível no site www.scpelaeducacao.com.br, as entidades lançaram a campanha estadual para sensibilizar seus trabalhadores para a elevação da escolaridade. A campanha prevê inserções em rádios, outdoors e material de divulgação como flyers e anúncios. 

A volta aos bancos escolares ainda é um desafio no Estado, que registra uma taxa significativa de jovens que não concluíram o ensino médio aos 19 anos (32,3%). São estes jovens que, mais tarde, buscam a educação de jovens e adultos para concluir o ensino básico. De acordo com o último censo escolar do Ministério da Educação, 64.220 pessoas frequentavam os cursos de EJA em 2016. A capilaridade dos ofertantes é ampla, atingindo 201 municípios e somando 421 estabelecimentos para a realização das aulas.  

Com informações: Assessoria de imprensa da Fiesc.




Assinatura do termo de cooperação oficializando a parceria para ampliar a oferta de educação de jovens e adultos no Estado

Assinatura do termo de cooperação oficializando a parceria para ampliar a oferta de educação de jovens e adultos no Estado

Assinatura do termo de cooperação oficializando a parceria para ampliar a oferta de educação de jovens e adultos no Estado

0 Comentários


Deixe seu comentário

* Seu comentário será publicado após avaliação por moderador do SESC-SC
Sesc-SC • Todos direitos reservados © Sesc-SC • Acessibilidade (shift+alt+y) • Produzido por DNAnet

O Sesc-SC utiliza cookies e tecnologias semelhantes para fornecer recursos essenciais na proteção de dados.
Ao continuar navegando nesta página, você concorda com nossas .