Projeto Cultivar implanta hortas em instituições cadastradas no Sesc Mesa Brasil

Confira como foi o desenvolvimento da iniciativa ao longo de 2023


16/01/2024 - Atualizado em 07/02/2024 - 2951 visualizações

Projeto Cultivar

Ao longo do ano de 2023, a área de Assistência do Sesc-SC desenvolveu o Projeto Cultivar. A iniciativa integra as atividades de segurança alimentar e educação ambiental da instituição, e visa ampliar o acesso à alimentação adequada, saudável, além de incentivar o desenvolvimento sustentável e a tranformação dos sistemas alimentares, por meio da implantação de hortas urbanas, produtivas e pedagógicas, e a realização de ações educativas em Organizações Sociais cadastradas no Sesc Mesa Brasil.   

Nos espaços escolares, a horta tem importância ecológica, social e econômica. A destinação correta dos resíduos orgânicos pela compostagem, a conservação do solo pela produção de cobertura vegetal, diminuindo a erosão e compactação desses solos urbanos, contribuem para a ecologia .

Socialmente, o contato das crianças com a horta possibilita uma sensibilização com a natureza, causando bem-estar e gerando conexão entre elas e o seu próprio alimento, impactando positivamente na transformação da sua relação com a própria comida. No campo econômico, a horta diminui a necessidade de gastos com compras de vegetais, além de melhorar a qualidade dos alimentos fornecidos à comunidade escolar.      

As hotas foram desenvolvidadas na Ação Social de Barreiros e no Educandário Santa Catarina. As duas instituições são cadastradas no Sesc Mesa Brasil e estão localizadas no município de São José, confira! 

Horta pedagógica na Ação Social de Barreiros 

A implantação da horta no CEI Anjo da Guarda, pertencente à Ação Social de Barreiros, onde foi um dos eixos do Programa de Promoção de Saúde na Infância Sesc Mesa Brasil, realizado pelo segundo ano nesta organização social, com o apoio da Global Foodbankign Network (GFN) e Kellanova. O CEI Anjo da Guarda fica localizado na comunidade do Pedregal, em São José, e atende 150 alunos na Educação Infantil e no contraturno escolar. 

Com a assessoria técnica, a horta foi planejada para o melhor uso do espaço, voltado ao cultivo de frutas e hortaliças como: beterraba, alface, rúcula, morango e a segunda destinada ao plantio de temperos e ervas como: poejo, alecrim, tomilho e erva-cidreira.

A horta vertical foi feita com a utilização de canos de PVC de 100mm, de 1m de comprimento, com furos na parte de baixo para o escoamento da água, e aberto na parte de cima para o plantio das mudas.

Os canos foram preenchidos com composto orgânico e fechado com tampão. A fixação dos canos de PVC foi realizada com abraçadeiras.     

Toda produção de alimentos gera resíduos, e o destino correto para eles é a compostagem. Por conta disso, foram feitas duas unidades de composteiras em sistema fechado, com o uso de caixas d`água de 500L, com captação do lixiviado (adubo líquido da compostagem). A caixa d´água é fechada com tampa, evitando a entrada de vetores e animais.   

A compostagem tem papel fundamental na reciclagem dos resíduos orgânicos. Na horta, possibilita a utilização dos restos vegetais e transformação desse material em fonte de adubo disponível para as plantas, formando um ciclo fechado e ecológico. A prática da compostagem evita que o resíduo orgânico se torne um problema ambiental, e que perca o seu potencial de se transformar em um material que promove fertilidade ao solo.

Plantas que geram frutos como o morango ou que brotam gerando mais de uma colheita, como a salsinha e cebolinha, devem receber adubação líquida da compostagem. Para coletar o adubo da compostagem é só abrir a torneira da composteira e coletar o líquido com um regador.        

Foi instalada irrigação por aspersão, automatizada e pressurizada com bomba. Foram colocados dois aspersores, um para cada patamar da horta com raio de cerca de 3m de molhamento. A horta conta com irrigação automatizada em que é possível programar a quantidade, a hora e o tempo de cada irrigação, que deve mudar de acordo com as condições climáticas e estações. Dessa forma o fornecimento de água para as plantas é garantido mesmo em épocas de recesso escolar e férias. 

Horta produtiva no Educandário Santa Catarina 

A implantação da horta no Educandário Santa Catarina também foi um dos eixos do Programa de Promoção de Saúde na Infância Sesc Mesa Brasil, porém sem parcerias externas. O Educandário fica localizado no bairro Roçado, em São José, e atende cerca de 500 alunos na Educação Infantil e do contraturno escolar. 

A horta implantada consiste no modelo de agrofloresta, sendo um local para plantar, manejar, consorciar, integrar, praticando uma agricultura sustentável com a floresta. O modelo agroflorestal combina produção de alimentos com conservação ambiental, e recupera áreas degradadas através da agroecologia.    

Com a assessoria técnica, foi realizado o revolvimento do solo, e adicionado pó de rocha, fonte de potássio e calcário fonte de cálcio e magnésio. Foram feitas três linhas para plantio de árvores.

Entre cada linha de árvores foram construídos três canteiros onde foram plantadas hortaliças em geral: folhosas, raízes, temperos, chás, flores comestíveis e adubação verde.