Artigo: Dia Mundial da Alimentação

“Água é vida, água é alimento. Não deixe ninguém para trás”


20/10/2023 - Atualizado em 20/10/2023 - 506 visualizações

 Dia Mundial da Alimentação

O Dia Mundial da Alimentação é celebrado todos os anos em 16 de outubro, data em que foi criada a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), em 1945. A data foi celebrada pela primeira vez em 1981, e desse ano em diante, diversos temas importantes já foram debatidos nela. Atualmente, mais de 150 países aderem ao movimento. Em 2023, o lema do Dia Mundial da Alimentação é “Água é vida, água é alimento - Não deixe ninguém para trás”.

De acordo com a FAO, cerca de 2,4 bilhões de pessoas em diferentes países sofrem com escassez de água. Mais de 600 milhões dependem de sistemas alimentares aquáticos enfrentando poluição, degradação dos ecossistemas e impactos das alterações do clima.

Os movimentos e discussões deste ano enfatizam o enfrentamento coletivo da fome e a conscientização sobre o impacto da gestão responsável da água nos sistemas agroalimentares. Um dos objetivos é mobilizar a ação global pela transformação dos sistemas agroalimentares.

Em recente publicação relacionada ao Dia Internacional de Prevenção de Perdas e Desperdícios de Alimentos, a FAO mencionou que a quantidade de alimentos descartados poderia alimentar 1 bilhão de pessoas no mundo, e citou que a refrigeração eficaz pode ajudar a combater o problema, sobretudo com a utilização de cadeia de frio com energia renovável, e conclui que a redução da perda e do desperdício de alimentos pode desempenhar um papel fundamental na transformação dos sistemas agroalimentares.

Mesa Brasil Sesc

O Mesa Brasil Sesc constitui a maior rede de Bancos de Alimentos da América Latina, que completou 20 anos de atuação contra a fome e o desperdício de alimentos em Santa Catarina. No evento comemorativo, representantes da FAO/ONU, Embrapa, Instituto Comida do Amanhã, Laboratório de Comercialização da Agricultura Familiar da UFSC, compartilharam atualizações sobre o cenário mundial da insegurança alimentar, boas práticas para prevenção de perdas na agricultura, sistemas alimentares circulares, cultura alimentar, entre outros temas relacionados ao contexto de atuação do Mesa Brasil Sesc, e que reforçam o compromisso do Sesc como parte ativa na promoção da segurança alimentar e no incentivo ao desenvolvimento sustentável a partir da transformação dos sistemas alimentares.

Entre as metas elencadas nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, destacamos a contribuição do Sesc Mesa Brasil para acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável; e alcançar a gestão sustentável e o uso eficiente dos recursos naturais, reduzir pela metade o desperdício e reduzir as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento, incluindo as perdas pós-colheita.

Água é vida, água é alimento!

A água é essencial para a manutenção da vida. Sem ela, não sobrevivemos mais do que poucos dias. O total de água existente no corpo dos seres humanos corresponde a 75% do peso na infância e a mais da metade na idade adulta.

A regra de ouro do Guia Alimentar para a População Brasileira, é fazer dos alimentos in natura ou minimamente processados, a base para a nossa alimentação. Isso inclui muitas variedades de grãos, tubérculos e raízes, legumes e verduras, frutas, leite, ovos, peixes, carnes e, também, a água. 

A maioria dos alimentos in natura ou minimamente processados e das preparações desses alimentos têm alto conteúdo de água.

O leite e a maior parte das frutas contêm entre 80% e 90% de água. Verduras e legumes cozidos ou na forma de saladas costumam ter mais do que 90% do seu peso em água. Após o cozimento, macarrão, batata ou mandioca têm cerca de 70% de água.

Um prato de feijão com arroz é constituído de dois terços de água. Quando a alimentação é baseada

 nesses alimentos e preparações, é usual que eles forneçam cerca de metade da água que precisamos ingerir. É essencial que tanto a água bebida quanto a água utilizada nas preparações culinárias sejam potáveis para o consumo humano, ou seja, estejam isentas de micro-organismos e de substâncias químicas que possam constituir potencial de perigo para a saúde humana.

Acesso a água como direito fundamental, indispensável para a realização dos direitos consagrados na Constituição Federal

A alimentação é um direito fundamental do ser humano, inerente à dignidade da pessoa humana e indispensável para a realização dos direitos consagrados na Constituição Federal. A segurança alimentar consiste no acesso regular e permanente a alimentos de qualidade, em quantidade suficiente, sem comprometer o acesso a outras necessidades essenciais, tendo como base práticas alimentares promotoras de saúde que respeitem a diversidade cultural, e que sejam ambientais, cultural, econômica e socialmente sustentáveis.

Entre outros aspectos, a segurança alimentar abrange a ampliação do acesso aos alimentos, por meio da produção, em especial da agricultura tradicional e familiar, do processamento, da industrialização, da comercialização, incluindo-se os acordos internacionais, do abastecimento e da distribuição dos alimentos, incluindo-se a água, bem como a geração de emprego e renda e redistribuição da renda. Fonte: Lei Orgânica de Segurança Alimentar e Nutricional, 11.346/06.

Confira as ações do Dia Mundial da Alimentação realizadas pelo Mesa Brasil Sesc nas unidades de Joinville, Chapecó, Blumenau e Lages:

Galeria GRADE - Incluir Imagens

Oficina de pães e biscoitos caseiros, em Chapecó

Oficina de pães e biscoitos caseiros, em Chapecó

Encontro de Instituições Sociais, em Joinville

Palestra alimentação adequada e saudável, Instituição O Bom Samaritano, em Blumenau

Oficina alimentação adequada e saudável, Instituição O Bom Samaritano, em Blumenau

Oficina de geleias, na Associação de Moradores do Bairro Guarujá, em Lages

Oficina de geleias, na Associação de Moradores do Bairro Guarujá, em Lages

Oficina de geleias, na Associação de Moradores do Bairro Guarujá, em Lages


               

Por: Letícia Zago

               

Nutricionista, responsável pela alimentação escolar e coordenadora do Programa Mesa Brasil Sesc-SC.

           


Sobre o Sesc-SC 

O Serviço Social do Comércio (Sesc) é uma entidade privada, sem fins lucrativos, que integra o Sistema Fecomércio, Sesc e Senac - sob a presidência do empresário Hélio Dagnoni. Desde 1946, o Sesc transforma para melhor a vida de milhares de catarinenses, de destacando pelo caráter social e atuação em todo o país.

O conjunto de iniciativas ao longo destas sete décadas e meia representa o efetivo empenho dos empresários do comércio de bens, serviços e turismo em prol da missão da Instituição de: "promover ações socioeducativas que contribuam para o bem-estar social e a qualidade de vida dos trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo, de seus familiares e da comunidade, para uma sociedade justa e democrática".

Entre as principais atribuições do Sesc estão o planejamento e a execução de ações marcadas pela excelência nas áreas de Educação, Saúde, Cultura, Lazer e Assistência, com vasta oferta de eventos e serviços. A Instituição está presente em todas as regiões do Estado, com 32 unidades operacionais, três meios de hospedagem e nove quadras do projeto Sesc Comunidade, além das redes de escolas, restaurantes, clínicas, teatros, bibliotecas, academias entre outros espaços, onde realiza suas ações.

Educação Infantil, Ensino Fundamental, Contraturno escolar, Educação de Jovens e Adultos, Pré-vestibular, atividades de saúde preventiva, de incentivo à prática de atividades físicas e esporte, Odontologia, Nutrição, Cinema, Teatro, Música, Artes Visuais, Dança, Desenvolvimento Comunitário, Trabalho Social com Idosos, Trabalho com Grupos compõem o amplo leque de atividades que o Sesc oferece aos trabalhadores do comércio de bens, serviços, turismo, seus familiares e à comunidade em geral. São ações que favorecem crianças, jovens, adultos e idosos e provocam reais transformações em suas vidas.

0 Comentários


Deixe seu comentário

* Seu comentário será publicado após avaliação por moderador do SESC-SC
Sesc-SC • Todos direitos reservados © Sesc-SC • Acessibilidade (shift+alt+y) • Produzido por DNAnet

O Sesc-SC utiliza cookies e tecnologias semelhantes para fornecer recursos essenciais na proteção de dados.
Ao continuar navegando nesta página, você concorda com nossas .