Baú de Histórias do Sesc chega a 23 cidades catarinenses em maio


12/05/2017 - Atualizado em 19/05/2017 - 254 visualizações

Três espetáculos circulam por Santa Catarina pelo projeto Baú de Histórias neste mês. "Histórias à Brasileira – Causos e Cantoria”, de Vinícius Mazzon (Curitiba/PR), “Cirandinha”, de Nana Toledo (Blumenau/SC) e “Bibliobike”, de Camila Miotto (Chapecó/SC) realizam apresentações gratuitas de contações de histórias, voltadas ao público escolar, em 23 cidades.

“Cirandinha”, de Nana Toledo, abre com um trecho do poema “A Ciranda”, de Mário Quintana. Trata-se de uma roda musical recheada de cantigas, brincadeiras, jogo de parlendas e versos vindos da oralidade do folclore brasileiro, além de músicas autorais. No centro da roda, um balaio representa a ciranda no meio do mundo, e dele saem sons, histórias e poemas que iluminam desde uma festa de São João até o mar azul de tantas sereias. O espetáculo passa por Rio do Sul (15/05), Pouso Redonto (16/05), Vidal Ramos (17/05), Blumenau (18/05), Itajaí (19/05), Jaraguá do Sul (22/05), Joinville (23/05), São Bento do Sul (24/05), Canoinhas (25/05), Mafra (26/05).  
Clique aqui para consultar programação.

A intervenção literária “BiblioBike” circula com uma biblioteca itinerante por Balneário Camboriú (15/05), Guabiruba (16/05), Tijucas (17/05), Florianópolis / Estreito (18/05), Palhoça (19/05), Florianópolis (22/05), Laguna (23/05), Tubarão (24/05), Araranguá (25/05), Criciúma (26/05). O projeto nasceu da paixão que Camila Miotto tem por livros, bicicletas e histórias. O projeto deseja contribuir para que o amor pelos livros modifique a rotina das praças, parques e escolas por onde a BiblioBike passa. Os livros são oferecidos para leitura no local, envolvendo as pessoas que estão aproveitando seu dia de lazer, estimulando o gosto pela leitura. O acervo conta com livros infantis, de poesia, contos e crônicas, além de livros em braile e audiolivros. 
Clique aqui para consultar a programação.

"Histórias à Brasileira – Causos e Cantoria”, de Vinícius Mazzon, será apresentado em Curitibanos (22/05), Lages (23/05), Pousada Rural Sesc em Lages (24/05) e Rio Rufino (25/05). A trama traz contos, causos e músicas populares, entrelaçados por conversas que os atores improvisam com a plateia. A dramaturgia é baseada em contos da literatura oral brasileira, em adaptações do folclore e canções de duplas da época de ouro do rádio e do humor brasileiro.
Clique aqui para consultar a programação. 

Os espetáculos foram selecionados pelo Sesc via a Plataforma IDCult/Sesc, que recebeu um grande número de propostas culturais, entre os meses de outubro e novembro de 2016. Os projetos inscritos compõem um banco de dados, que é consultado pela Instituição para a elaboração da programação de Cultura mensal das Unidades no Estado e circuitos estaduais. A seleção das montagens é pautada pela qualidade da contação e relevância literária da proposta. O projeto introduz no cotidiano de Santa Catarina uma arte popular de origens ancestrais, que remonta ao próprio nascimento da sensação do tempo entre os homens, quando a fala passou a ter o poder de tornar presentes fatos que ocorreram num passado distante e que, sem o contar de sua história, estariam perdidos na neblina do esquecido.



0 Comentários


Deixe seu comentário

* Seu comentário será publicado após avaliação por moderador do SESC-SC
Sesc-SC • Todos direitos reservados © Sesc-SC • Acessibilidade (shift+alt+y) • Produzido por DNAnet

O Sesc-SC utiliza cookies e tecnologias semelhantes para fornecer recursos essenciais na proteção de dados.
Ao continuar navegando nesta página, você concorda com nossas .