Grupo Conecta 60+ de São Miguel do Oeste resgata tradição cultural brasileira em atividade artesanal

Confira como foi a confecção da Estrela da Felicidade


08/05/2024 - Atualizado em 09/05/2024 - 321 visualizações

Conecta 60+

O grupo Conecta 60+ do Sesc São Miguel do Oeste realizou uma série de atividades sobre a temática "Felicidade e conexões sociais: somos mais felizes juntos", incluindo palestras, rodas de conversa, atividades diversas e artesanato. As ações ocorreram ao longo do mês de março. 

No encerramento das atividades, foi proposta a criação da "Estrela da Felicidade", uma tradição cultural do Brasil. Segundo histórias contadas pela sabedoria popular, as mães presenteavam suas filhas no dia do casamento com uma estrela. 

Durante toda a vida da moça, a mãe guardava pedaços do tecido usado para confeccionar suas roupas, lembranças do dia de batismo, aniversários e outras datas. Quando a moça se casava, geralmente ainda adolescente, a mãe entregava partes da sua história na forma de uma estrela.

A moça levaria essa estrela para a casa onde começaria sua nova história como futura esposa e mãe, como ritual de passagem.  Na época do Brasil colonial, muitas vezes a mãe nunca mais via a filha que se casava, pois ela ia morar em fazendas muito distantes e não tinha formas rápidas de comunicação. Muito raramente as mulheres tinham dinheiro à mão.

As mães guardavam, então, moedas dentro da estrela antes de fechá-la, para que a moça tivesse dinheiro em mãos em caso de emergência, e por isso as estrelas também eram chamadas de "segredo". 

Confeccionando a Estrela da Felicidade 

Durante as conversas em sala de aula, descobrimos que ela é conhecida por muitos nomes, mas o significado é o mesmo de Norte a Sul do país: um registro de transcendência, um ritual de passagem ou a simbologia de amor e felicidade. 

As estrelas foram produzidas durante os encontros utilizando caixas de leite, tecido de algodão e costura manual. Após a finalização, foi feita uma exposição dos trabalhos na Unidade. É necessário ter precisão no corte e revestimento para que a estrela seja tridimensional.

O tempo de produção varia, pois começamos em aula e cada participante levou para casa para concluir.  Para produzir uma estrela, são necessários 60 losangos. Cada flor da estrela possui 5 losangos que precisam ser muito bem-posicionados para que a configuração esteja correta. 

O Conecta 60+ abrange o pensamento e a ação de cada participante, pois o empenho nas atividades é intenso, atingindo proporções grandiosas, evocando a integração no grupo de forma cooperativa, além de mostrar o lado empreendedor de cada participante, que muitas vezes não sabe que possui. 

"Já fiz muitas estrelas para vender, de diferentes cores, com miçangas, jeans... Fiz para uma cliente 7 com as cores dos chakras. Dependendo do pedido, custa R$ 50,00. Encontrei outra fonte de renda." - Cleusa Regina da Silva, 64 anos.         

 Colaboração: Adriana Brustolin, Técnica de Cultura, Assistência e Turismo.